PALESTRAS

PARA SUA EMPRESA, PARA O SEU TIME

Comecei minha carreira como consultora fazendo palestras. Sempre gostei de ver as pessoas mobilizadas, motivadas, sentindo-se tocadas no coração, querendo fazer fotos comigo, agradecendo, contando suas experiências. Eu adoro fazer isso: mexer com as emoções de cada um com delicadeza, tocando nos sentimentos. Ninguém resiste ao seu lado bom, capaz, estimulado, que dá prazer. É como ver a própria luz refletida em si mesmo.


E, então, palestras motivam? Sim. Fazem pensar? Também. Podem iniciar uma reflexão? Com certeza.

Agora, sabe-se que esses estímulos que vem de fora para dentro, não resistem às demandas do cotidiano e a motivação vai terminar. Então, depois de uma palestra é preciso fazer uma rodada de conversas com os times.Esse “complemento” da palestra passa a ser o mais importante momento. O resultado começa por aí. Essas conversas são estruturadas como capacitação em diversos formatos. De acordo com a empresa e o estilo da liderança, as conversas apreciativas em grupo após  as  palestras seguem metodologia própria.
.

LIDERANÇA E GESTÃO SUSTENTÁVEL

- Público-alvo: Líderes que precisam reciclar/ ajustar comportamentos antigos e formas de gestão já inadequadas. Líderes experientes e necessários para a Organização.
A ideia do líder que precisa saber tudo, saber mais, decidir sozinho, controlar as tarefas de todos e responsabilizar-se pelo que acontece é, no mínimo, frustrante. 

 

- O que é SER SUSTENTÁVEL?
Tudo começa com questões pessoais que serão tratadas com exemplos e citações durante a palestra. 
Questões que são colocadas de forma a gerar reflexão e ampliar a consciência:
Como eu me cuido? Qual o impacto que causa meus pensamentos, sentimentos e ações na minha alma, na minha mente, no meu corpo? 
Como me percebo em relação aos outros? Qual é o meu parâmetro?
Qual o impacto que a liderança causa no time?
Há coerência entre o que o líder diz e faz?

 

Construir a gestão sustentável: aprender a equilibrar satisfação pessoal, prazer no que faz, saúde mental, espiritual e física com os recursos disponíveis em si, nos outros, no time e no mundo.

ATITUDE: O PRINCÍPIO DA MUDANÇA

- Objetivo: conscientizar os participantes sobre a necessidade de buscarem novas oportunidades como uma condição para fazerem a diferença. Para isso é preciso abrir a mente, romper preconceitos e mudar a atitude. A palestra aborda que para alcançar um novo resultado, é preciso uma mudança de atitude.


Conteúdos como o triângulo tóxico, cujos protagonistas são o Salvador, o Perseguidor e a Vítima são abordados para elucidar o quanto o maior impeditivo da mudança é a dificuldade de sair da posição de vítima.

Por outro lado, abordar a importância de estar presente, viver o agora, é o caminho para ver oportunidades e agir. Uma nova atitude é necessária.

PRESENÇA PLENA E AS QUATRO COMPETÊNCIAS PRIMORDIAS

Presença plena, prestar atenção e fazer uma coisa de cada vez parece algo absurdo em tempos de pró-atividade, multitarefas e rapidez.

Quem ouve atentamente já está com 10% a mais de chance de gerar resultado positivo e ser considerado alguém especial.  Um líder que presta atenção no impacto das suas atitudes e pensamentos no time já pode ser considerado diferenciado.

A palestra aborda as quatro competências primordiais: Empatia, cooperação,  escuta interessada e conversa apreciativa.

A EMPATIA, considerada a principal competência de um líder/ser humano admirado e que gera resultados a longo prazo, é desenvolvida a partir de outras habilidades como prestar atenção, ouvir atentamente e estabelecer conversas apreciativas.

A palestra inicia com a experiência de três minutos de meditação guiada.

Palavras como OUVIR, OBSERVAR, CRIAR JUNTO, QUALIDADE DE ENTREGA, IMPORTAR-SE,  RESULTADO, entre outras, vão sendo trabalhadas e debatidas com a platéia de forma ritmada, desafiando a Presença Plena do participante. Outros temas que são exclusivos da realidade do cliente são colocados para serem trabalhados e darem personalidade exclusiva para a palestra.

JEITO DE ATENDER: UMA BOA EXPERIÊNCIA FAZ O CLIENTE VOLTAR

A partir da minha jornada de mais de 15 anos com a metodologia de gestão do atendimento JEITO DE ATENDER, de minha autoria e implantada em empresas no Brasil, no Chile e no México,atualizei os conteúdos e estou lançando o JEITO DE ATENDER em formato palestra. Para atender bem o cliente é preciso ser bem atendido pelo gerente, que precisa ser bem atendido pelo diretor, que precisa… . Nessa rede de relacionamentos são tecidos os bons resultados de um negócio. Pontos invisíveis muitas vezes e que podem gerar um atendimento ruim e a quebra de um negócio.

- A quem se destina essa palestra?

Líderes e times de vendas.

Lojistas, gerentes de loja, vendedores, caixas, etc.

Prestadores de serviços em geral

Associações, Sindicatos.

 

Gestores entregam o bom atendimento interno. Clientes compram a experiência. O propósito da empresa, no entanto, precisa estar claro. Atender bem apenas para aumentar a comissão? Isso pode ser o alimento do vendedor chato que quer empurrar o produto. Aquele que faz cara de frustrado porque “perdeu a vez e o cliente não comprou”. Pode ser o gerente que “se atravessa” no atendimento de um vendedor para “salvar a venda” que acaba não acontecendo.

- Atender bem para fidelizar? Para se sentir bem por ter ajudado o cliente? Para ter um bom faturamento a partir disso?

Há muita subjetividade nas relações, atitudes não verbais que transformam a atendimento numa experiência excelente ou péssima.

O cliente pesquisa pela internet, está mais exigente, sabe o que quer. O que ele quer agora ali na loja, então?

A melhor experiência humana possível. Para isso é necessário um líder preparado e parceiro, que respeita o time e é entusiasmado. A palestra estimula esses comportamentos e traz consciência o como um relacionamento entre  que precisa gerar ganha-ganha para as partes.

PANORAMA BIOGRÁFICO INDIVIDUAL

O aconselhamento biográfico ou terapia biográfica apoia-se nas leis que regem a biografia humana. A vida não é composta de fatos e eventos casuais dos quais somos vítimas e com os quais temos que nos conformar. A vida se desenvolve em fases que se apresentam com diferentes forças que atuam em nosso desenvolvimento como seres humanos capazes de transformação.

O PROCESSO DE PANORAMA BIOGRÁFICO:

O cliente observa  a sua vida “de fora”. Relembra fatos protagonizados por si mesmo e situações que o envolveram. Traz a tona em cada fase lembranças de momentos alegres, tristes, desafiantes, ricos em ação, frustrantes, sofridos. Todo ser humano tem em comum esses sentimentos, o que muda são as diferentes histórias de vida, únicas. Ao ir caminhando sobre sua própria história o cliente olha fatos e situações de maneira a entender as conexões ocorridas com outros fatos que o trouxeram até o presente.

Ao tomar a própria vida nas mãos é possível identificar os pontos de desenvolvimento, a crise atual e olhar para o futuro, trazendo-o para o presente através de novas ações.

Ter a individualidade encapsulada por conta de crenças restritivas, da educação recebida, das circunstâncias familiares,dos modelos adquiridos como padrão é algo que precisa ser observado a luz da consciência .Cada indivíduo constrói a sua proteção, seu ponto de fuga para sobreviver. O EU fica preso pelos inúmeros medos (de se expor, de ser julgado, de não conseguir e fracassar) e se encolhe. Acontece que esse “encapsulamento do EU” também encolhe as potencialidades e as capacidades, reduzindo o espaço de atuação de um indivíduo autêntico que ocupa o seu lugar único e autêntico.

O Panorama Biográfico é em trabalho de encontro com as próprias potências. O cliente aprende a honrar o seu passado, admirando sua jornada de vida e adquirindo consciência sobre as suas forças biográficas. Poderá construir o futuro almejado a partir de si mesmo e dessa potência que o torna capaz de se transformar.

Sentimentos de abandono, constrangimentos, rejeição, falta de reconhecimento , excesso de proteção ou negligência são vistos com amorosidade e respeito, a fim de identificá-los no dia-a-dia em suas mais variadas formas de agir. “Pegar o sentimento na mão”, identificá-lo e acolhê-lo traz força e consciência e abre espaço para a soberania do EU constituído de talentos e potenciais únicos.

 

OBJETIVOS CENTRAIS  DO TRABALHO:

  1. Colocar a biografia do cliente em movimento, “fazendo vento", interligando fatos e abrindo espaço para a potência do EU SOU CAPAZ;

  2. Atuar a partir da FORÇA DA VONTADE do cliente;

  3. Mobilizar as forças vitais do cliente, suas capacidades encapsuladas por crenças e fatos cristalizados na sua biografia.

 

Na prática:

O Panorama Biográfico ocorre em sessões individuais de duas horas para cada fase da vida (setênios) do cliente. Pré-works, tarefas de observação entre sessões, atividades de pintura e com argila, além de pesquisa em fotografias fazem parte desse profundo e conectado trabalho com o despertar da potência do protagonismo, do EU.

Outros formatos do trabalho podem ser construídos, considerando a questão específica do cliente, o que o afeta no momento.

 CLIENTES 

ENCONTRE

FIQUE EM CONTATO 

instagram.png
linkedin.png

© 2018 por Ló Paper & People